terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Uatafóqui?

Vê uma coisa comigo...

PARIS, 5 Jan 2010 (AFP) - O governo da França cancelou o pedido de 50 milhões de doses de vacinas contra a gripe H1N1, anunciou na noite de segunda-feira a ministra da Saúde Roselyne Bachelot.

"Os pedidos não haviam sido confirmados, nem pagos, portanto foram anulados", declarou a ministra ao canal de televisão TF1.

"Se levarmos em consideração o valor total de doses pedidas - 712 milhões de euros -, é uma economia de mais da metade", disse Bachelot.

A ministra explicou, no entanto, ao mencionar a quantidade de doses da vacina contra a gripe H1N1 pedidas originalmente aos laboratórios, que "se tivesse que fazer de novo, faria exatamente o mesmo".

Agora me diga: O que porra foi isso?
Vamos por partes...

"O governo da França cancelou o pedido de 50 milhões de doses de vacinas contra a gripe H1N1, anunciou na noite de segunda-feira a ministra da Saúde Roselyne Bachelot." (Ok. Até aqui, beleza!)

""Os pedidos não haviam sido confirmados, nem pagos, portanto foram anulados", declarou a ministra ao canal de televisão TF1." (Então, porque a matéria abre dizendo que eles foram cancelados, se a ministra disse que eles sequer haviam sido confirmados?)

""Se levarmos em consideração o valor total de doses pedidas - 712 milhões de euros -, é uma economia de mais da metade", disse Bachelot." (Economia de mais da metade? Metade do que? Economia em relação a que?)

A ministra explicou, no entanto, ao mencionar a quantidade de doses da vacina contra a gripe H1N1 pedidas originalmente aos laboratórios, que "se tivesse que fazer de novo, faria exatamente o mesmo". (....!?)

Alguém pode me explicar?


Um comentário:

Patricia disse...

Tuuuh, é você que manja do negócio e que tem que explicar pra gente! hahahaha
(FELIZ ANO NOVOOOO!)